navegar pelo menu
31.5.19

MODA | A moda masculina na terceira noite de DFB 19.



A 20ª edição do Dragão Fashion encerrou há mais de duas semana e cá estou eu, ainda escrevendo sobre os desfiles. Peço desculpas por esse atraso, mas desde que o evento acabou não consegui parar em frente ao computador para preparar os posts sobre os dois últimos dias, mas essa demora acabou, e mesmo que você já tenha lido e visto sobre os desfiles, dá uma moralzinha pra esse conteúdo que foi feito com tanto carinho. Agradeço desde já :)

A marca masculina Matias Menswear apresentou uma coleção linear, básica e comercial, mas muito bonita de se ver. Pensada na leveza e profundidade dos tons que representam a praia (mar e areia), os looks variavam dos tons de azul aos mais crus, em recortes retos e com acabamentos impecáveis. Trazendo o estilo casual com toque sofisticado para o dia a dia, a coleção desfilada na passarela pode ser usada normalmente pelo homem moderno que não abre mão do conforto, qualidade e beleza na hora de se vestir.






A Melk Z-Da trouxe uma diversidade incrível para a passarela. Sua encantadora coleção apresentou um mix de cores, estampas e modelagens super leves e ricas. Com um toque indiano muito presente, cada look desfilado era um desejo de vestir. Destaque para as estampas localizadas, que foram incrivelmente bem trabalhadas e as cores quentes, que serviram de plano de fundo para essa coleção que é a cara do verão.








O desfile mais aguardado da noite surpreendeu. O estilista Lindeberg Fernandes trouxe aquela mistura que a gente gosta. Estampas, texturas, tecidos, cores... Tudo impresso em referencias  que gritam o exagero fashion, onde o brega se torna chique. A forte presente de looks que lembram fantasia de palhaço foi marcante, inclusive na make (seria um protesto?). Tule, golas bufantes, laços e estampas nos levaram imediatamente ao circo.  O destaque na passarela fica para a estampa de gatinho, muito cute, e para o "que" retrô que a maioria das produções apresentou (fiquei in love pela calça de cintura alta na foto abaixo). 






Encerrando a terceira noite de desfiles, o estilista Kallil Nepomuceno trouxe muita elegância para a passarela em diferentes estilos, do renascentismo ao modernismo, e, por vezes, encontramos ambos num mesmo look. O leve e o pesado ganharam fluidez e movimento em um desfile que parecia ter saltado da tela de um cinema, por serem tão ricos e bem elaborados. As produções masculinas foram marcadas pela transparência. Ressalto como peças identidade para esse desfile os macacões de gola alta com zíper, bem contemporâneo.








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Então, gostou? Me diz o que achou.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial