MODA | A Moda sem Gênero se Transforma na Maior Tendência de 2016.

18.3.16


Há algumas temporadas, ouvimos muito falar na moda sem gênero que algumas grandes grifes, estilistas e marcas adotaram em suas coleções. Imediatamente, os especialistas em moda, público e grande mídia passou a abordar esse assunto com grande relevância e destaque, tanto que meses após a tendência ter sido iniciada, ela se popularizou e ganhou espaço nas coleções de grandes marcas fast fashion do mundo e também do Brasil.

Recentemente, a Zara apresentou uma coleção completa na tendência sem gênero, mostrando homens e mulheres usando as mesmas peças de roupas com propostas diferentes. A coleção ganhou seu merecido destaque e já fez escola, tanto que a C&A já adotou esse estilo e trouxe um ensaio do que seria a sua proposta para a moda sem gênero, porém, pelas fotos mostradas até então de sua coleção, percebi que a marca pode se aprofundar ainda mais nessa ideia, mas até entendo o porque ela foi tão sutil neste primeiro passo, afinal uma grande rede de lojas precisa ter retorno financeiro imediatamente, por isso é preciso saber se o público realmente abraça essa tendência.


A moda sem gênero chega numa época em que o feminismo ganha força e o machismo torna-se um dos principais vilões quando o assunto é igualdade de gêneros, e como a moda é um reflexo da sociedade, nada mais justo que apoiar essa causa com sofisticação, delicadeza, respeito e bom gosto.

O que vale ressaltar quando o assunto é moda sem gênero, é que as peças não precisam ter, obrigatoriamente, toques masculinos, já que a intenção é quebrar os padrões de gêneros criados há séculos, as marcas, grifes e estilistas podem se inspirar no guarda roupas feminino e criar peças usuais para o público masculino, assim a causa fica justa e não fica parecendo que as mulheres só querem se igualar aos homens, mas que realmente há uma ponte de duas vias que onde as pessoas podem se vestir e se expressar de forma igualitária e livre. 

Esse assunto é muito amplo e profundo, e todas as opiniões expressadas aqui são de responsabilidade minha, Luciano Maia, editor deste blog, assim como de todos os demais posts publicados até então. Neste primeiro momento, vou me limitar até aqui, já que a intenção é mostrar que a moda sem gênero é uma das principais tendências da moda deste ano e provavelmente ganhará ainda mais força. Em outras oportunidades, irei falar mais sobre esse assunto, mas por enquanto, deixo vocês com as fotos das recentes campanhas da Zara e C&A, além de outras fotos de outras marcas. Espero que tenham gostado. Abraços a todos e viva a moda sem limites e padrões!









Comente com o Facebook

2 comentários:

  1. Oi Luciano!
    Vou te falar que como uma garota eu super apoio a ideia de meninas usarem tênis e moletom, mas ainda serem meninas. Saltos altos, sapatilhas... muitas vezes nos deixam exaustas. Parece que temos que ficar 'montadas' o tempo todo, sabe? Então, gosto dessa ideia!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, essa ideia de trazer conforto para as meninas é ótimo, mas a moda tem que adaptar as peças de vocês para nós também, haha!
      Abraços e até mais!

      Excluir

Então, gostou? Me diz o que achou.

Rede Socias

Sigam Nosso Facebook

Entre Eles - 2017 • Todos os direitos reservados • Host: Blogger • Desenvolvido por Quercio Santos
topo