Na Telona - A Menina que Roubava Livros.

5.2.14

     Uma adaptação cinematográfica que conseguiu ser fiel ao livro, tanto que foi capaz de transmitir a mesma emoção que sentimos ao ler as páginas que narram a história de Liesel, sua família e amigos em A Menina que Roubava Livros.


     Um dos filmes mais aguardados e elogiados do ano, A Menina que Roubava Livros é simplesmente fantástico! Seus mais de 120 minutos parecem poucos quando nos conectamos a doçura de Liesel e sua inspiradora aventura pelo mundo dos livros e sua descoberta da leitura.
     De fato, todo filme baseado na história de um livro vai deixar a desejar em algum ponto, afinal nem tudo pode ser retratado. No caso de A Menina que Roubava Livros, achei que a morte (narradora da história) não tem tanto destaque como no livro, mas suas breves participações são tão profundas, obscuras e impiedosas como no livro. Em contra partida, a versão para as telonas foca na amizade de Liesel e Max, o judeu que acaba sendo abrigado em sua casa devido favores antigos que seu pai devia a família do rapaz.
     Eu simplesmente fiquei encantado com esse filme. Era o tipo de drama que estava esperando assistir há um bom tempo, e certamente já estava na hora de fazerem a versão cinematográfica de A Menina que Roubava Livros, não é verdade? Então agora já não precisa esperar, basta correr pro cinema e se entregar a essa linda, triste e encantadora história.


Comente com o Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Então, gostou? Me diz o que achou.

Rede Socias

Sigam Nosso Facebook

Entre Eles - 2017 • Todos os direitos reservados • Host: Blogger • Desenvolvido por Quercio Santos
topo