Pipoca e Sofá - Paraísos Artificiais.

21.9.13

     Um filme nacional bem diferente e incomum se comparado aos últimos lançamentos do cinema brasileiro. Paraísos Artificiais conta a história da geração, seja do passado, presente ou futuro, que busca o prazer nas sensações psicodélicas e infinitas.


     Um filme de Marcos Prado (Tropa de Elite I e II), Paraísos Artificiais gira em torno do mundo onde a festa parece nunca acabar. Tendo como plano de fundo o cenário da música eletrônica em diferentes momentos e locais, o filme começa a cruzar a história dos personagens Érika (Nathalia Dill), Nando (Luca Bianchi) e Lara (Lívia de Bueno) num famoso festival de música eletrônica no nordeste do Brasil, onde os jovens passam dias acampados numa praia onde criam experiências únicas e insanas.
     Após o festival, muitas coisas acontecem na vida dos personagens que seguem a história, até que por um acaso, Érika e Nando se reencontram em Amsterdam, porém novas armadilhas do destino acabam transformando mais uma vez a vida dos personagens em experiências marcantes e que não podem ser mudadas.
     Envolvente, caótico e realista, Paraísos Artificiais é o filme que representa o espírito jovem, aventureiro e selvagem. É um excelente filme atemporal e que funciona bem em todo o mundo. Para os curiosos, segue o trailer e fica a dica de filme para se jogar no sofá com o balde de pipoca nesse FINDI.


Comente com o Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Então, gostou? Me diz o que achou.

Rede Socias

Sigam Nosso Facebook

Entre Eles - 2017 • Todos os direitos reservados • Host: Blogger • Desenvolvido por Quercio Santos
topo