Pipoca e Sofá - Party Monster.

15.5.13

     Frenético e insano, Party Monster mostra como é a vida superficial de um grupo de jovens que levam a vida em se divertir, onde o limite não existe.


     Baseado numa história real, o filme é estrelado por Macaulay Culkin e Seth Green, e dirigido por Fenton Bailey e Randy Barbato. Party Monster é um drama vintage que mostra como era a vida dos clubbers da década de 1980 e início dos anos 1990.
     Michael Alig (Macaulay) e James St. James (Seth) são grandes amigos, quase irmão. Com personalidades bem parecidas, os dois são almas gêmeas, porém James ainda é mais racional, e isso faz com que ele acabe se tornando a referência de um irmão mais velho para Michael. Com uma ideia na cabeça, mas sem nenhum dinheiro no bolso, os amigos decidem se mudar para Nova York, onde acabam se entregando aos prazeres e loucuras das festas mais desregradas da cidade.
     Nas noites novaiorquinas, os inseparáveis amigos fazem de tudo para se tornarem nas pessoas mais populares do momento, e logo Michael consegue ser contratado por uma boate para realizar as festas mais selvagens. Aos poucos, o movimento clubber ganha força e se torna popular, com isso Michael e James se transformam em ídolos dessa geração.
     Noitadas, bebidas, sexo casual sem preferência sexual, drogas e insanidades, é tudo o que os clubbers precisam para viver, e claro, mais seguidores para propagar a loucura pelo mundo. Party Monster representa um grupo social que existiu há alguns anos, que transcendeu da ousadia que faltava nas demais tribos.
     Assisti ao filme domingo passado e gostei muito de como toda essa superficialidade foi tratada com uma profundeza realista e inteligente. Abaixo segue a primeira parte do filme legendado, detalhe: ele está disponível no youtube, porém dividido em 10 partes.


Comente com o Facebook

4 comentários:

Então, gostou? Me diz o que achou.

Rede Socias

Sigam Nosso Facebook

Entre Eles - 2017 • Todos os direitos reservados • Host: Blogger • Desenvolvido por Quercio Santos
topo