Bloco de notas - Atravessando pontes...

11.11.11

     Nessa vida consegui ir de um extremo ao outro, mas para isso precisei atravessar algumas pontes.


     Não é fácil você ir de onde está para o outro lado. O caminho é incerto, cada passo é uma nova conquista. As vezes o peso é grande e a ponte pode não aguentar, por isso precisamos deixar algo para trás, mas isso é bom, nos desprender do passado as vezes é necessário para seguirmos em frente.
     Se a ponte é segura ou não, quem vai saber? Ninguém nunca percorreu aquele caminho, o seu caminho. Somente você saberá se aquela ponte te levará para o outro lado ou não e para isso é preciso caminhar sobre ela.
     Vá sem medo, vá descalço. Sinta o frio ou o calor da caminhada. Sinta a dor dos calos e feridas, uma hora eles se curam, mas a caminhada ficará para sempre em sua memória.
     Nenhuma jornada deve ser seguida em vão, deve sempre haver uma razão, uma explicação, nem que seja pela emoção.
     Mas se eu não quiser deixar pra trás as coisas que me prendem ao passado, como irei seguir em frente? Se você não está pronto para deixar de lado aquilo que faz parte de uma história que já foi vivida, certamente aquela história não acabou e você não está pronto para seguir seu caminho.
     Mas se a ponte for frágil e desabar no meio da caminhada? Acredite, quem faz a ponte que você percorre, é você mesmo, então saiba o que está fazendo para que possa seguir confiante e sem medo de cair.
     Por mais longa que seja a caminhada, maior será sua conquista. Por mais difícil que seja o caminho percorrido, maior será sua realização. Quanto maior for a ponte que você criou, maior é a sua vontade de mudança, então construa, ande, conquiste.

Comente com o Facebook

2 comentários:

  1. Lu, que texto lindo amore.
    Adorei =*

    ResponderExcluir
  2. que bom que gostou!
    palavras que tem sentimentos são assim...

    ResponderExcluir

Então, gostou? Me diz o que achou.

Rede Socias

Sigam Nosso Facebook

Entre Eles - 2017 • Todos os direitos reservados • Host: Blogger • Desenvolvido por Quercio Santos
topo