Para tomar com um café - O Vendedor de Sonhos.

7.9.11

     Aos amantes dos livros e leitura, hoje trago uma dica bem legal, particularmente eu adorei viajar nesse fascinante e inspirador romance e espero que os que já tenham lido também tenham gostado e os que não leram possam se interessar, pois garanto que após esta leitura você passará a ver as coisas de uma forma melhor. "O Vendedor de Sonhos" é uma obra do escritor Augusto Cury, sendo o primeiro de uma trilogia.


     Um homem, de origem desconhecida, sobe em um prédio para salvar um suicida. Ninguém sabe seu nome, o que faz, só se sabe que ele aparenta ser um mendigo, ao julgar os trapos que ele veste. Com sua conversa, o homem acaba salvando o suicida e vira destaque na midia, ganhando alguns seguidores. O tal "mendigo" diz que não quer nada de ninguém, só deseja que seus seguidores façam o que ele faz, vender sonhos. Vender sonhos para pessoas desacreditadas, sem esperança, desesperadas. E é isso que eles fazem! A cada nova etapa vencida, um novo aprendizado, e assim eles seguem vendendo sonhos, sem cobrar por isso, ficando satisfeitos com o fato de dar novamente esperanças a alguém, mostrar uma luz após tanta escuridão em uma vida.
     Se ele consegue alguns seguidores, este desconhecido homem também ganha alguns inimigos, pessoas que se sentem ameaçadas pela sua filosofia. O grupo sofre atentados de diversas formas, mas nem por isso deixam de seguir seu ideal, sua missão. O homem que parece não ter nada, sempre divide o que ganha. Se ele tem pouco para comer, divide. Se ele não tem uma cama para dormir, divide os trapos e papelões que tem.
     Realmente este livro é cativante. Ele te faz rir e chorar. Cada personagem tem uma peculiaridade, e é isso que torna o grupo uma família, pois mesmo com brigas, no final todos estão unidos.
     Ao ler "O Vendedor de Sonhos" me senti tão pequeno, tão impotente, pois ele me mostrou o quanto somos mesquinhos e nos faz repensar em muitas de nossas atitudes. Me senti envolvido com toda essa história, e cada vez mais queria ler páginas e mais páginas. A cada capítulo lido, uma lição ficava marcada em mim e pude ir seguindo essa experiência diariamente.
     É queridos, muitas pessoas tem rejeição aos ditos livros de auto-ajuda, mas eu os adoro. Eles nos mostram o quanto o homem pode ser melhor e o quanto somos capaz de tornar tudo em nossa volta melhor. Espero que vocês também possam se presentear com essa experiência, então leiam este grande livro e apaixonem-se.
    
  

Comente com o Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Então, gostou? Me diz o que achou.

Rede Socias

Sigam Nosso Facebook

Entre Eles - 2017 • Todos os direitos reservados • Host: Blogger • Desenvolvido por Quercio Santos
topo